Quem dera fosse verdade!